Dolby Atmos em produções nacionais. Panorama do áudio imersivo no Brasil

 

Painel Armando Torres Jr (Atmos para OTT, Netflix). Rafael Castro (Dolby), Carlos Ronconi (Atmos Live carnaval), Helio Kuwabara (Mixagem remota), Rodrigo Meirelles (Atmos Cinema e TV Deus Salve o Rei), Gabriel Tommazini (Atmos Rock in Rio Live)
Este painel visa apresentar as experiências práticas com áudio imersivo no formato Dolby Atmos realizadas entre 2017 e 2018 no Brasil em diversos gêneros do audiovisual. Desde shows ao vivo à dramaturgias no cinema e plataformas OTT como Netflix e Globo Play, a produção em Dolby Atmos é uma realidade e o consumo de conteúdo imersivo uma possibilidade que pode finalmente levar a um grande número de espectadores uma nova experiência sonora. O áudio imersivo leva, além do som tridimensional, com elementos dispostos acima da cabeça do ouvinte, o conceito de objetos sonoros, que permite uma melhor identificação da posição de cada fonte sonora em torno do espectador. E isso sem necessariamente haver um alto investimento em caríssimos home theaters por parte do consumidor
Publicado em Palestras

Mapa